Quinta-feira, 21 de outubro de 2021
informe o texto
Ouça nossa Rádio

Notícias | MULHERES QUE INSPIRAM

Mulheres que inspiram: Régina Trindade, uma história de luta, determinação e sucesso!

17/09/2021 - 13:25 | Atualizada em 17/09/2021 - 14:13

Elizany Telles - Diretora de Redação Conexão Araguaia

Mulheres que inspiram: Régina Trindade, uma história de luta, determinação e sucesso!

Foto: Arquivo pessoal

Régina Francisca Ferreira Trindade Oliveira, nasceu em 20/10/1969, no pequeno município de Santa Terezinha-MT, brasileira, casada, mãe de três filhos, técnica em enfermagem atuante como linha de frente em combate à Covid-19 no CAEC (Centro de Atendimento e Enfrentamento a Covid-19 de Confresa-MT.

Filha do casal José Gonçalves Trindade e Neuza Ferreira Trindade, viveu uma singela e modesta infância no referido município. Penúltima filha de um elo matrimonial entre seu José e dona Neuza, desde pequena sempre se destacou pelo seu jeito interativo e cativante de ser. Diante dos poucos recursos em que a família possuía na época, logo Régina se ingressou no mercado de trabalho, no intuito em colaborar com as despesas da família. Com o seu jeito espontâneo e dinâmico de ser, não foi difícil conquistar um espaço profissional.

Aos 18 anos, a jovem menina já exercia uma grande responsabilidade no âmbito profissional, tornou-se telefonista da empresa de Telecomunicações de Mato Grosso (TELEMAT), consolidando sua trajetória profissional ainda na juventude.  Apesar da pouca idade, sempre se destacou no trabalho prestado dentro da empresa, qualidade pela qual, Gilberto Silva de Oliveira técnico responsável pelas centrais de postos telefônicos, passou a admirar cada dia mais a habilidosa funcionária, uma admiração que aos poucos transformou-se em um lindo sentimento.

A jovem funcionária prestava serviço no município de Santa Teresinha, e o técnico em São Félix do Araguaia. No entanto, o contato que havia entre ambos, era somente via telefone, todos os dias era necessário realizar testes nos aparelhos telefônicos, momento em que se falavam para testarem as aparelhagens. Portanto, uma linda sintonia de respeito e amizade era mantida entre eles. Com o passar do tempo, foi nascendo em seus corações um lindo sentimento. O tempo ia se passando e esse sentimento tornava-se cada vez mais forte. Vendo que era completamente correspondido, Gilberto cogita a possibilidade em pedir a telefonista em namoro, mas em meio a esse processo, existe um porém, os dois nunca se viram pessoalmente!

Muito ansioso, mas seguro da decisão que resolvera tomar, se encoraja e faz o pedido a amada! Ela não precisou pensar duas vezes para responder que sim, pois já estava loucamente apaixonada pelo futuro namorado! Mesmo sem se conhecerem pessoalmente, esse problema não foi pretexto para que o casal se esquivasse do lindo sentimento que nascera em ambos corações. Após 4 meses de namoro à distância, sem se conhecerem, chegou o grande e esperado dia do casal realmente saber quem era quem. Foi amor à primeira vista, ao avistar a amada pela primeira vez, o coração de Gilberto bateu ainda mais forte, e ele teve a certeza que não poderia ter feito melhor escolha, aquela era realmente a mulher da sua vida! Em correspondência à grande certeza do sentimento de amor transmitido pelo namorado, Régina não conteve a reciprocidade e lhe retribuiu em dobro todo amor que lhe fora proporcionado. A partir desse primeiro encontro, o amor entre o casal só aumentou, após 3 anos de namoro, em um enlace matrimonial, os dois unem suas vidas para sempre!

Desta união, nasceram três filhos que vieram para completar a felicidade do casal. Muito determinada e objetiva, a distinta mulher segue sua vida profissional, no intuito em adquirir conhecimentos. Através de muito esforço e dedicação, se profissionalizou como técnica em enfermagem. “A razão que me levou a seguir esse caminho como técnica em enfermagem, há primeiro instante, foi simplesmente para preencher uma vaga, o curso agregava 15 alunos, e só conseguiram 14, foi então que entrei para completar a quantidade. Levei em consideração que, adquirindo conhecimento na área da saúde, muito contribuiria para cuidar melhor dos meus filhos, não havia nenhum interesse em exercer a profissão. De acordo o tempo foi passando, percebi que aquela experiência não serviria não somente para cuidar dos meus filhos, mas sim ajudar o próximo, e diante desse conceito me disponibilizei como profissional”. Pontua Régina Trindade.

Entre as dificuldades do cotidiano, a família segue unida, rompendo limites e conquistando gradativamente seus ideais.  Com os 3 filhos  na faculdade, 2 cursando medicina e 1 psicologia, o casal de técnicos se desdobram para proporcionar aos herdeiros a maior e melhor riqueza que os pais podem oferecer aos filhos, o ESTUDO. E como resultado de todo empenho, e persistência, um grande sonho se concretiza, finalmente o casal pode agradecer a Deus pela grande conquista! Seus três filhos estão formados, Drº Raul Felipe, Drº Ramon Felipe e o psicólogo Ramí Felipe. “Deus foi muito maravilhoso comigo e com a minha família, o cuidado Dele tem sido extraordinário para conosco, sendo eu e meu esposo um casal de técnicos conseguimos formar nossos 3 filhos, somente Deus tem o poder de realizar algo tão grande assim! Serei eternamente grata ao meu Deus, pois Ele tem sido meu provedor, meu mentor, minha bússola, meu tudo! Muita gratidão também aos meus pais que muito contribuíram para que vivêssemos a realidade desse sonho, minhas queridas irmãs Rejane Trindade e Liz Regina Trindade, que foram como verdadeiros anjos de Deus em nossas vida, esse suporte familiar fez toda a diferença e sempre fará. Aos meus amigos e irmãos em cristo, que oraram junto comigo, que choraram junto comigo para que essa vitória fosse alcançada, minha eterna gratidão a cada um de vocês, sei que tudo quanto alcançamos são resultados das nossas orações, pois orar é tão importante quanto respirar, a oração é o oxigênio que nos mantém vivos diariamente”. Ressalta Régina Trindade.

Ao longo da caminhada, grandes foram às vitórias adquiridas, mas houve também os momentos de intenso sofrimento que Régina pensou não ser capaz de suportar. Em meados do ano de 2020, após ser diagnosticado com pancreatite, seu filho do meio Drº Ramón Ferreira Trindade, não resistiu às complicações da doença e veio a óbito. O momento foi desesperador não só para a mãe, como para toda a família, amigos e conhecidos, a tristeza e o desalento tomou conta dos corações de todos aqueles que amavam o Ramon. “Não há palavras para expressar o tamanho da dor que sentir naquele momento, perder um filho realmente é algo estarrecedor, me sentir impotente como mãe, como profissional, por ver meu filho se agonizando e eu não poder fazer nada para ajudá-lo! Quando sair do hospital com o atestado de óbito na mão, como profissional, eu não quis acreditar mais que daria pra continuar, naquele momento o desespero tomou conta de mim, e eu já não tinha mais forças para prosseguir”. Declara a mesma.

Como superar a dor de um filho? – a partir de agora uma nova batalha começa. Diante do caótico momento, além do consolo do Espírito Santo, o apoio dos amigos fez uma enorme diferença na vida da mãe. Com o coração dilacerado, sangrando, totalmente aos pedaços, vai vivendo um dia após o outro, mesmo sem entender o porquê desse doloroso processo, como uma mulher cristã, manteve firme a fé e a convicção de que precisaria seguir em frente independente da dor, pois sempre crera que independente do momento ou da circunstância Deus nunca a abandonaria. No entanto, seguiu sua missão rompendo limites e tentando superar a dor .  “Ao decorrer da caminhada, um dos momentos marcantes em minha vida, foi a perda do meu filho, naquele momento eu desacreditei que seria capaz de continuar. De repente, Deus me trouxe a memória quão importante é servir ao próximo, e o quanto isso faz a diferença na vida do ser humano, foi então que, mesmo com o coração despedaçado, retomei o meu trabalho, após 5 dias que havia sepultado o meu filho. E mais uma vez, lá estava eu, dentro da UPA de Confresa, trabalhando, ajudando salvar vidas e consolando familiares que tinham perdido seus entes queridos. Foi então que entendi que tudo quanto eu havia passado, tinha sido apenas uma experiência para que pudesse ajudar o meu semelhante a passar por aquele momento de dor, e fazê-lo entender que em tudo há um propósito”. Afirma a profissional.

Apesar de todos os percalços, a mesma declara ser completamente amante ao que faz, pois ser representante da saúde, é algo que a preenche, a satisfaz e a faz sentir-se bem consigo mesma, pois ajudar o seu semelhante é uma espécie de missão que Deus designou para si. Enfim, incentiva a cada mulher a nunca usar o verbo desistir, independente do momento ou da circunstância, o segredo é ter fé e acreditar que há um tempo determinado para todo propósito debaixo do céu, se porventura se cansar, descanse, só não desista, aguente o processo, pois só assim viverá o propósito! Ao parafrasear.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 

Contato

(66) 98452-5192

+44 7915 428861

Confresa - MT 78652-000

Newsletter

Sitevip Internet